Os Argumentos de Dias Toffoli para Derrubar Liminar de Marco Aurélio

O presidente do STF derrubou a liminar descabida e inconstitucional concedida no início desta tarde pelo ministro Marco Aurélio Mello, que promoveria a soltura geral de mais de 170 mil criminosos presos no País. Em sua decisão, Dias Toffoli argumentou que a liminar não apenas contrariava a jurisprudência já firmada pela corte sobre a matéria, sendo portando uma liminar irregular e ilegal, como acarretaria uma grave ameaça à ordem e à segurança pública interna do País, conforme havíamos arguido em nota anterior do CN NEWS.

Dias Toffoli respaldou, portanto, os argumentos apresentando pela Procuradoria Geral da República que, imediatamente após a expedição da liminar, entrou com ação no próprio STF pedindo sua suspensão. A rapidez da decisão de Dias Toffoli refletiu a gravidade da liminar descabida concedida por Marco Aurélio, e que causou inquietação principalmente no meio militar, levando o Alto Comando do Exército a reunir-se em vídeo conferência logo em seguida para tratar do tema.

Lembremos mais uma vez que Antonio Dias Toffoli é assessorado por Ajax Porto Pinheiro, general de divisão da reserva que há algumas semanas assumiu o cargo de assessor especial da presidência do STF. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

Comentar:

Please enter your comment!
Please enter your name here