O Ano Que Termina & O Ano Que Começa: Várias Profecias Apocalípticas Derrubadas

O presente ano termina com Lula estando na cadeia há cerca de sete meses. O ano novo terá início com Jair Bolsonaro assumindo a presidência da república e com o Brasil inaugurando um marco inédito nas relações bilaterais com Israel. O presente ano termina com o descrédito completo da grande imprensa, e com amplos setores da população rechaçando de forma crescente a mentalidade esquerdista-revolucionária.

Poucos analistas políticos da direita foram capazes de antecipar esse cenário. A maioria vaticinava que Lula seria solto e que iria disputar e vencer as eleições. Alardeava-se que o STF iria impedir Jair Bolsonaro de concorrer nas eleições e que se ele fosse candidato não teria “preparo” para o embate e seria derrotado. A previsão catastrofista dizia que a fraude nas urnas eletrônicas seria inevitável, trazendo os comunistas ao poder.

Os profestas do apocalipse erraram e não tiveram a dignidade de vir a público reconhecer o erro. O único analista político que antecipou corretamente o cenário que temos hoje foi o Coronel Enio Fontenelle. Suas análises geopolíticas corretas serviram de base para as previsões igualmente acertadas feitas pelo Crítica Nacional ao longo desse ano que termina, e que foram amplamente corroboradas pelos fatos. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

Comentar:

Please enter your comment!
Please enter your name here