Criminalidade no Ceará: O Saldo de Anos de Gestão Petista

A onda de criminalidade e de atos terroristas no Ceará nos últimos dias é resultado direto da concepção petista aplicada à área de segurança pública. Uma concepção que consiste na demonização e dificultação do trabalho das polícias, na proteção aos criminosos e detentos sob pretexto de assegurar direitos humanos, no desarmamento da população e na conivência (na melhor da hipóteses) com a ação do crime organizado no interior dos presídios.

No que diz respeito aos presídios, o problema não é a suposta superlotação e muito menos a falácia do encarceramento em massa, mas sim a ausência de garantias jurídicas e de segurança para o trabalho dos agentes penitenciários, aliado ao fato de o crime organizado na prática controlar os estabelecimentos prisionais.

Essas são as duas questões centrais que precisam ser atacadas, para que a prisão volte a ser o local para onde o criminoso é enviado para impedir que ele cometa novos crimes, e não para gerenciar o crime de dentro dela. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews